Sebrae Roraima recebe certificação de Sistema de Gestão da Qualidade e de Gestão Ambiental

A instituição foi certificada pela ISO 9001 e ISO 14001, que são normas internacionais que definem parâmetros para implementação de sistemas de gestão de qualidade e ambiental a serem executadas no local de trabalho

“Foi uma  longa caminhada para alcançarmos essas duas certificações em que usamos as próprias normas como base”, relembra a gestora do comitê reponsável pela ISO no Sebrae Roraima, Gilma Raquel.

A instituição foi recertificada na ISO 9001 e certificada na ISO 14001, que são normas internacionais  que definem parâmetros para a implementação de um Sistema de Gestão de Qualidade e Sistema de Gestão Ambiental, respectivamente.

As normas ISO definem todos os requisitos que precisamos atender, a exemplo da alta direção, a conscientização dos colaboradores, mapeamento de processos, atendimento, entre outros. A partir disso, nos preparamos, fizemos ajustes e treinamentos para atender todos os requisitos e fazer a gestão deste sistema”, acrescenta Gilma.

No caso da ISO 9001, que tem validade de três anos sendo validada a cada ano conforme os requisitos são atendidos, houve a recertificação da norma que foi certificada anteriormente em 2018.

“É importante ressaltar que executamos um processo de melhoria contínua. Durante esses três anos fizemos ajustes e diversas melhorias de forma continuada e neste ano o Sebrae foi certificado novamente”, explica a gestora.

O Sebrae Roraima tem como escopo definido nesta norma a Gestão Estratégica da Administração e Finanças. Ou seja, as ações são executadas de acordo com essas áreas.

Em relação a ISO 14001, é a primeira vez que o Sebrae é certificado com esta norma sendo a única instituição do estado a ter esta certificação.

“Foi um grande desafio porque esta norma exige que haja o atendimento da Legislação Ambiental na esfera Municipal, Estadual e Federal, então além de mapear processos, treinar colaboradores e atender todos os requisitos detalhados na norma, a equipe precisou atender os requisitos da Legislação, que conta com mais de 800 itens a serem atendidos”, detalha.

Entre as ações executadas para garantir as certificações, a gestora cita o treinamento adequado a respeito dos requisitos legais aplicáveis, estabelecimento de objetivos, metas e atividades para reduzir o consumo,  eliminar o desperdício,  prevenir a poluição e reciclagem resíduos.

Foi construída, ainda, uma Central de Resíduo no Sebrae, atendendo todos os critérios de descarte correto. “O Sebrae tem essa preocupação com a sustentabilidade e já executava ações neste setor, só que antes não eram sistematizadas”, reforça Gilma Raquel.

Além disso, esta norma tem como premissa a contenção de riscos ambientais sejam para os colaboradores ou para os visitantes. “Nesta linha, construímos o Plano de Atendimento a Emergência que orienta o Sebrae em como agir em caso de ocorrer acidentes, instrui sobre o manuseio de produtos químicos e sobre o descarte de equipamentos eletrônicos, de modo que não traga risco ao meio ambiente”, conclui.

Entendendo melhor as normas ISO 9001 e 14001

A norma ISO 9001 é baseada no PDCA, ações baseadas nos valores Planejar, Fazer, Checar e Agir, que traduzidos para o Inglês significam: Plan, Do, Check and Action. É uma ferramenta de gestão que visa promover a melhoria contínua dos processos, voltando-se para a causa do problema e não para as consequências. Assim, torna-se possível otimizar os planos de ações para atingir os resultados desejados com mais eficácia e qualidade.

A metodologia PDCA é focada na análise e mudanças de processos, caso seja necessário, no decorrer dos procedimentos fazer alguma alteração ou mudança, contribuindo para o melhor desenvolvimento de cada processo da organização.

A Gestão da Qualidade é parte integrante da administração geral de uma organização, pois perpassa diversos processos, atividades e áreas da organização, sejam elas operacionais, administrativas, finanças, qualidade, manutenção, compras, entre outros.

Já a ISO 14001 é projetada para ajudar as organizações a inserirem responsabilidades ambientais em seus processos internos, porém sem desconsiderar a necessidade de obtenção de lucro e de expansão dos negócios.

Assim como a ISO 9001, a ISO 14001 também é baseada no ciclo PDCA e também se concentra na causa do problema, e não em suas consequências. Quando se fala em gestão ambiental, “prevenção” é a palavra-chave.

Esta norma tem como principais objetivos proteger o meio ambiente com a prevenção ou mitigação dos impactos ambientais adversos, mitigar os potenciais efeitos adversos das condições ambientais na organização e auxiliar a organização no atendimento aos requisitos legais e outros requisitos.

Além de aumentar o desempenho ambiental com a promoção de ações que reduzam o impacto sobre o ambiente e observando os princípios de sustentabilidade socioambiental nas atividades da Instituição), e controlar ou influenciar o modo que os produtos e serviços da organização são projetados, fabricados, distribuídos, consumidos e descartados, utilizando uma perspectiva de ciclo de vida que possa prevenir o deslocamento involuntário dos impactos ambientais dentro do ciclo de vida.

Por fim, a ISO 14001 possui o objetivo de prover às organizações uma estrutura para a proteção do meio ambiente e possibilitar uma resposta às mudanças das condições ambientais em equilíbrio com as necessidades socioeconômicas.

Entre os benefícios estão a minimização de impactos ambientais,  redução de consumo, melhorias na eficiência operacional, e gerenciamento de resíduos, dentre outros.