Sebrae Roraima participa da 32º Feira Nacional de Artesanato

O evento proporcionou a integração cultural, valorização da sustentabilidade, acessibilidade, novas oporotunidades e geração de negócios

O Sebrae fez parte da comitiva que representou Roraima na 32º Feira Nacional de Artesanato – Rotas do Brasil, realizada de 7 e 12 de dezembro, na Expo Minas, Belo Horizonte-MG. O evento contou com mais de 1.000 estandes, com produtos artesanais de todos os estados do país, representando culturas indígenas, quilombolas, ribeirinhas, nordestinas, entre outras.

Roraima ocupou dois grandes estandes no evento, sendo o Espaço Sebrae, que teve a participação dos artistas Edinel Pereira, Isaías Miliano e Isabel Pinheiro, que expuseram - respectivamente - artes em tela sobre temas regionais e etnias roraimenses; entalho em madeira de grafismo rupestres; e licores produzidos com iguarias locais, como o caçari, e a área reservada para o Programa de Artesanato Brasileiro (PAB), que foi coordenado pela Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-estar Social).

Segundo a analista técnica do Sebrae Roraima, Delma Andrade, a participação dos artistas é uma oportunidade ímpar para integração cultural. “Fizemos questão de levar os artistas, pois assim, eles puderam interagir com o público, falar de sua arte, técnicas e materiais utilizados. Muitas vezes, as pessoas querem conhecer todo esse processo criativo e de produção, para adquirir uma obra, e nada melhor que o próprio artista explicando e mostrando como as peças são confeccionadas”, contou.

Assim como Roraima, todos os demais estados e o Distrito Federal, estavam presentes na Feira, valorizando a diversidade e a riqueza da cultura brasileira. “Encontrei amigos e grandes artistas nesta edição. É muito bom ver o interesse das pessoas, pois o conceito de nossas obras abrange a história de nosso povo, a sustentabilidade com reutilização de materiais e a valorização da linguagem visual indígena, e expor isso é muito bacana”, disse Isaias Miliano, artista plástico e artesão da etnia Patamona.

Direto da Serra do Tepequém, Edinel Pereira levou suas telas multicoloridas, que retratam os cenários que são verdadeiros símbolos de Roraima. Orquídeas, animais da região, lavrado, rios e o próprio índio são suas fontes de inspiração. “Nosso diferencial foi de trazer algumas peças para serem confeccionadas e finalizadas aqui na Feira. Isso chamou muito a atenção do público, que pôde conferir o artista em ação”, destacou Edinel.

Com a variedade de 17 licores e geleias regionais, Isabel Pinheiro foi a representante dos sabores roraimenses. “Utilizamos o açaí, buriti, cupuaçu, caçari e demais itens de nossa região para nossos produtos, e por isso se chama Frutos do Lavrado. Participar da Feira, além de representar parte de nossa cultura, também foi uma excelente oportunidade de negócios”, completou Isabel, que também foi curadora, representando artesãos da comunidade indígena Darora e demais profissionais do segmento.

Economia Criativa – Para 2022, o Sebrae Roraima está preparando um portfólio especial para atender empreendedores da Economia Criativa, que abrange profissionais da cultural em geral, como: música, teatro, cinema, artesanato, dança, artes plásticas e até a indústria game. Para saber mais, entre acompanhe as redes sociais com o @sebraeroraima no Instagram, Facebook e Youtube, acesse www.sebrae.com.br/roraima ou se preferir, ligue no 0800 570 0800.