Etapa Estadual

Sebrae premia Prefeitos Empreendedores de Roraima

Sete municípios de Roraima se inscreveram: Boa Vista, Alto Alegre, Amajari, Bonfim, Cantá, Caracaraí e Pacaraima. Foram ao todo oito projetos que disputaram em cinco categorias.

O SEBRAE/RR realizou nesta quinta-feira (25), a premiação da etapa estadual do Prêmio Prefeito Empreendedor, que está em sua 10º edição. A solenidade foi realizada no edifício Airton Dias, com a presença de prefeitos, servidores municipais, conselheiros e diretores do SEBRAE, e demais autoridades.

 

Neste ano, sete municípios de Roraima se inscreveram: Boa Vista, Alto Alegre, Amajari, Bonfim, Cantá, Caracaraí e Pacaraima. Foram ao todo oito projetos que disputaram em cinco categorias: Compras Governamentais de Pequenos Negócios; Pequenos Negócios no Campo; Inovação e Sustentabilidade; Desburocratização e implementação da Reddesimples e Inclusão Produtiva e apoio ao Microempreendedor Individual (MEI).

 

“Este prêmio é um importante instrumento de valorização do trabalho realizado para fomentar o desenvolvimento econômico dos municípios.  Ele serve como uma injeção de ânimo e difunde práticas que contribuem para o fortalecimento das micro e pequenas empresas, tão importantes para a nossa economia e que representam 2/3 dos empregos gerados do Brasil, além de 20% do PIB do país”, ressaltou o presidente do Conselho Deliberativo Estadual do SEBRAE/RR, Jadir Corrêa.

 

A Diretora Superintendente do SEBRAE/RR, Luciana Surita, destacou que o Prêmio mostra como ideias e iniciativas podem gerar grandes resultados para a sociedade. “Acredito que governar só faz sentido se for para transformar a vida das pessoas, e é justamente esse o principal incentivo do prêmio Prefeito empreendedor. Hoje nós formamos um time e o SEBRAE tem desenvolvido um trabalho grandioso em todos os municípios, contribuindo com ações e projetos que fazem a diferença em nosso Estado”, afirmou.

 

“Esse trabalho realizado pelo SEBRAE é fundamental para a melhoria do ambiente de negócios do Estado. Quando os municípios são estimulados a desenvolverem políticas públicas voltadas ao micro e pequeno empresário, isso oportuniza a geração de emprego e renda, e também faz girar a nossa economia” destacou Marcos Jorge de Lima, Secretário Estadual de Planejamento e Desenvolvimento, que na solenidade representou o Governador Antônio Denarium.

 

Para a diretora técnica do SEBRAE/RR, Dorete Padilha, a participação de sete dos 15 municípios de Roraima nesta edição do Prêmio, demonstra que o trabalho do SEBRAE/RR com as prefeituras está dando resultados. “Hoje temos municípios mais comprometidos em fomentar o empreendedorismo, incentivar o pequeno negócio, e melhorar o seu desenvolvimento social e econômico”, afirmou.

 

Cinco Projetos concorrerão na etapa nacional

 

A 10ª edição do Prêmio Prefeito Empreendedor teve cinco projetos vencedores de quatro municípios de Roraima: Boa Vista, Alto Alegre, Bonfim e Caracaraí. “São iniciativas que resguardam o pequeno negócio e favorecem a economia dos municípios. Tivemos este ano muitos projetos bons inscritos e após as etapas de avaliação, aqueles com a maior pontuação foram classificados para a etapa nacional, prevista para o dia 5 de junho”, explicou Marlus Almeida, gerente da Unidade de Políticas Públicas e de Desenvolvimento do SEBRAE/RR.

 

A Prefeita de Boa Vista, Teresa Surita, conquistou o Prêmio pela quarta vez. Nesta edição, ela venceu com dois projetos: Plano Municipal de Desenvolvimento do Agronegócio – PMDA, na categoria Pequenos Negócios no Campo; e Desenvolvimento Econômico de Base Tecnológica, na categoria Inovação e Sustentabilidade. “Ser prefeito é difícil, mas também é o cargo que mais nos satisfaz com os resultados, porque atingimos realmente a mudança de vida das pessoas, e esse Prêmio mostra isso”, afirmou a prefeita Teresa Surita.

 

Alto Alegre foi o vencedor com o projeto Mais Simples Alto Alegre, na categoria Desburocratização e Implementação da Redesimples. “Quando nós, prefeitos, recebemos um prêmio como esse de reconhecimento, é uma prova que mesmo com as crises e as dificuldades, estamos caminhando rumo ao desenvolvimento de Roraima”, afirmou o prefeito Pedro Henrique Machado.

 

A Prefeita de Caracaraí, Socorro Guerra, foi a vencedora na categoria Compras Governamentais de Pequenos Negócios, com o projeto Caracaraí: Valorizando os pequenos negócios nas compras públicas. “É gratificante esse incentivo que a gente recebe por um bom trabalho. Estou muito feliz pois é um projeto que está dando certo. Hoje em Caracaraí o pequeno empreendedor e o agricultor familiar vendem para a Prefeitura”, disse.

 

Bonfim venceu esta edição do Prêmio com o Projeto Bonfim Valoriza o MEI, na categoria Inclusão Produtiva e apoio ao Microempreendedor Individual (MEI).  “Esse Prêmio é um incentivo e um desafio não somente para os prefeitos, mas principalmente para os municípios, porque é difícil administrar os poucos recursos e transformá-los em resultados”, destacou Oscar José Dresch, que representou o prefeito Joner Chagas na solenidade.

 

DEMAIS PROJETOS - Amajari inscreveu o Projeto Feira Livre Amajari, na categoria Pequeno Negócio no Campo. Pacaraima participou com o projeto Embrião Rural, na categoria Pequeno Negócio no Campo. Cantá também se inscreveu na categoria Pequeno Negócio no Campo, com o projeto Agricultura Forte, Povo Feliz.

 

PRÊMIO - O Prêmio Prefeito Empreendedor tem como objetivo, sensibilizar os gestores públicos sobre a necessidade de desenvolver ações que incentivem o empreendedorismo; fortaleçam os pequenos negócios locais; estimulem a formalização, desenvolvimento e competitividade dos pequenos negócios, com base na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa; e contribuam de forma efetiva para o crescimento econômico, ambiental e social do município

 

Realizado pelo SEBRAE,  a iniciativa tem o apoio da Confederação Nacional do Municípios (CNM), Frente Nacional dos Prefeitos (FNP), Associação Brasileira de Municípios (ABM), Ministério do Planejamento, Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Associação dos Tribunais de Contas (Atricon), Instituto Rui Barbosa, Movimento Brasil Competitivo (MBC), Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, Centro de Liderança Pública, Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Conselho Temático da Micro e Pequena Empresa da Confederação Nacional da Indústria, Conselho Nacional de Secretários de Estado da Administração (Consad) e Observatório Social do Brasil.

 

O Prêmio possui 8 categorias: Políticas Públicas para o Desenvolvimento dos Pequenos Negócios; Cooperação Intermunicipal para o Desenvolvimento Econômico; Compras Governamentais de Pequenos Negócios; Pequenos Negócios no Campo; Inovação e Sustentabilidade; Empreendedorismo nas escolas; Desburocratização e Implementação da Redesimples e Inclusão Produtiva e apoio ao Microempreendedor Individual (MEI).