JEPP

Projeto de Roraima ganha etapa regional do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora

‘Brinquedos da Caixa’ ficou entre os 60 classificados para participar da etapa nacional, que será realizada em outubro em Florianópolis

Reciclar brinquedos utilizando caixas de papelão. Este é o ‘Brinquedos da Caixa’, projeto vencedor da etapa regional do Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora 2019. A iniciativa de Roraima ficou entre os 60 classificados para participar da etapa nacional, que ocorrerá em outubro, em Florianópolis, Santa Catarina (SC).

 

O resultado do prêmio foi divulgado hoje e foi recebido com muita felicidade pela professora Marcella Oliveira de Melo, idealizadora do projeto. Segundo ela, o trabalho foi executado junto com os alunos do 3º ano F da Escola Municipal Valdemarina Normando Martins, localizada no bairro Nova Cidade, Zona Oeste de Boa Vista.

 

A ação foi desenvolvida dentro do projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos (JEEP), coordenado pelo Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae-RR). O JEEP é destinado a fomentar a educação e a cultura empreendedora dentro das escolas, por meio de práticas de aprendizagem.

 

“Felicidade é a palavra que me define neste momento, pois esta é mais uma conquista na minha vida como profissional, como educadora. Ter vencido a etapa regional com o projeto Jovens Empreendedores Primeiros Passos [JEPP] – Brinquedos da Caixa, onde reciclamos brinquedos a partir de caixas de papelão que seriam jogadas no lixo”, disse.

 

Marcella explicou que a temática do concurso deste ano era brinquedos ecológicos e por isso surgiu a ideia de trabalhar o papelão. “Confeccionamos carrinhos, labirintos, casinhas de bonecas, pebolim e outros objetos. Os brinquedos foram vendidos na Feira de Negócios da escola. Com o dinheiro arrecadado, os alunos se reuniram e foram ao cinema no Dia das Crianças”, ressaltou a professora.

 

Ela atribuiu a conquista a todos os envolvidos no projeto, desde os alunos que coletaram e confeccionaram os brinquedos, até à gestão da unidade escolar, que prestou todo o apoio para o desenvolvimento e execução do ‘Brinquedos da Caixa’. “Estou muito feliz por representar a minha escola e também Roraima neste prêmio”, completou, ao acrescentar que é a primeira vez que participa da ação.

 

SEBRAE-RR

 

Sobre a conquista, a gestora da Educação Empreendedora no Estado, a analista técnico do Sebrae-RR, Elissandra Costa, destacou que o sentimento é de orgulho e gratidão, principalmente porque o Sebrae-RR tem alcançado resultados positivos com os projetos desenvolvidos em sala de aula no Estado de Roraima.

 

"Eu, enquanto gestora do projeto em Roraima, reconheço o esforço e dedicação dos professores e dos alunos que participaram deste prêmio tão importante. Todos os envolvidos são beneficiados, em especial as famílias dos estudantes, que passam ser jovens com uma visão de mercado, atitude e mais desenvolvidos", declarou.

 

Elissandra acrescentou que existe uma parceria muito forte entre Sebrae-RR e Educação. "Este tem sido um trabalho em conjunto onde todos ganham, seja a família dos alunos, a escola, toda a comunidade e também o Sebrae-RR, como instituição incentivadora do empreendedorismo em todas as idades", frisou a gestora.

 

PRÊMIO

 

O Prêmio Sebrae de Educação Empreendedora é uma iniciativa que busca identificar, estimular, reconhecer e divulgar as melhores práticas da educação empreendedora no Brasil. Os trabalhos inscritos precisam ter alcançado resultados, afim de estimular outras escolas a promoverem uma educação voltada ao empreendedorismo.

 

As instituições de ensino que participam do prêmio devem desenvolver produtos ou soluções que contribuam para que seus alunos adquiram ou aprimorem atitudes, comportamentos e características que os levem a lidar melhor com situações do contexto dos negócios ou da vida.

 

Os casos inscritos são avaliados por técnicos voluntários e levados em consideração os seguintes itens: busca de oportunidades e iniciativa inovadora; persistência; comprometimento; exigência de qualidade e eficiência; cuidados ou precauções; metas estabelecidas; informações buscadas para iniciar os trabalhos; planejamento e monitoramento sistemáticos; parcerias e se a instituição serve de exemplo ou inspiração a outras instituições de ensino.